Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

A nossa casa é em todo lugar

Quem é que fala com esse sotaque? Eu não puxo mais o erre, eu puxo o erre aperrtado e falo porrta quando minha vó está do lado. Ela aprovaria meu erre sem aperto? Ela reconheceria esse erre estrangeiro? Quem então fala com esse erre sem sotaque? Esse erre com sotaque capital? Foi minha irmã que disse, Eu não nego minhas origens. Quais são minhas origens? Minha vó disse, Goianas. Meu pai disse, Holandesas. Holandesas? Minha vó é mineira, meus bisavós mineiros. Mineira, eu? Eu não reconheço as ruas da minha cidade natal. Elas mudam de mão. Minha pátria é a língua. Quero falar muitas.

2 comentários:

Revisora do p... disse...

Casa é onde a gente se sente bem, e família é aquela que a gente escolhe. Óbvio que não dá pra negar as origens pois elas nos deram base de alguma forma, mas depois da base feita a gente pode resolver ficar ou pegar o que foi bom e ir. Eu também não falo mais goianês e prefiro sair por ai pelo mundo descobrindo todas as coisas pra montar minha casa interior, que é a que me acompanha.

Vick disse...

Clariiiiiiiiinha, que demais seu blog.

Virei fã.